Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra

Andaterra presente no 41º encontro ruralista em Belém do Pará.

Andaterra presente no 41º encontro ruralista em Belém do Pará.

PALESTRA COM JEFERSON ROCHA MARCA A MANHÃ DE ABERTURA DO ENCONTRO RURALISTA DA FAEPA

Haverá palestras também com os especialistas do SENAR na tarde de hoje (10/06), certificação do Pará 100% livre da aftosa e lançamento de livro.

O 41º Encontro Ruralista, promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (FAEPA), teve início nesta terça-feira (10), atraindo centenas de lideranças de produtores rurais de diferentes regiões do estado e deixou cheio o auditório do Palácio da Agricultura. O objetivo, com os temas das palestras que vão até amanhã (11/6), é refletir sobre o papel do agronegócio no cenário econômico e político do país.

A primeira palestra do evento foi feita pelos representante do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), Eloy de SouzaAraújo, secretário de Infraestrutura e Fomento da Pesca e Aquicultura do MPA. Eloy veio de Brasília para falar sobrecomo o Plano Safra da Pesca e Aquicultura 2012/2013/2014 foi desenvolvido para tornar mais efetivas as políticaseconômicas e sociais do Governo Federal voltadas à cadeia produtiva da pesca e aquicultura.

Segundo ele, o objetivo é ampliar as ações governamentais e o desenvolvimento sustentável por meio de medidas de estímulo à competitividade e ao empreendedorismo. Ele disse que a intenção do Plano é implantar novos parques aquícolas em lagos e represas de várias regiões do Brasil. Por meio de diversas linhas de crédito, os pequenos pescadores e aquicultores poderão investir em novas estruturas, equipamentos e barcos.

“Este apoio é fundamental para o desenvolvimento e a execução de projetos. Regiões com grande potencial para aaquicultura, como as do Norte e Nordeste, terão recursos para desenvolver o seu potencial”, explicou.

A mesa de honra da abertura foi presidida pelo presidente da FAEPA, Carlos Xavier. Na composição, estavam também o vice-presidente, Vilson Schuber; os diretores Alfonso Rio e Ribamar Sizo; o superintendente do SENAR Pará, Walter Cardoso; e os deputados federais Lira Maia e Paulo Quartiero.

Xavier agradeceu a presença de todos e estendeu os agradecimentos à diretoria e à coordenação do evento. Segundo o presidente da FAEPA, o apoio delas foi fundamental para a realização do encontro. Na sequência, Xavier propôs uma reflexão sobre o tema “Agronegócio: momento político”.

Segurança da Propriedade foi o painel coordenado por Keilla Souza, advogada, que fez a apresentação da cartilha de Segurança Rural, juntamente com o Coronel Osmar, da Polícia Militar. Para ele, o documento tem o objetivo de ajudar na prevenção de crimes no campo.

A cartilha, que apresenta uma coletânea de dicas para segurança no campo, foi desenvolvida a partir de estudos sobre a criminalidade no ambiente rural realizados pelo Núcleo de Apoio Empresarial (NAE) em parceria com a PM e será dirigida aos moradores dessas áreas no estado do Pará, para que possam adotar medidas de segurança visando a prevenção de crimes.

Outro destaque do painel foi a palestra Direito da Propriedade, que contou com a presença do advogado Jeferson Rocha, da ANDATERRA – Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra, que apresentou também o Guia Preventivo Contra Invasões de Terra, sendo bastante aplaudido pelos produtores.

Durante a programação do evento, haverá o lançamento da biblioteca digital do Sistema FAEPA e também o lançamentodo livro “Para onde caminhamos”, com Armando Soares, que é um dos economistas mais bem conceituados daAmazônia. O livro é uma coletânea com trinta frutos das pesquisas e publicações sobre política nacional, meio ambiente e questões relacionadas à Amazônia. E ainda, a certificação do Pará 100% livre da aftosa concedida pelaOrganização Mundial de Saúde Animal, fato que contribuirá significativamente com a economia paraense a partir do setor pecuarista.

O evento segue até terça-feira (11) nas instalações do Palácio da Agricultura.

Fonte: http://www.faepanet.com.br