Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra

Bolsonaro recebe demandas do Agro no RJ

Bolsonaro recebe demandas do Agro no RJ

Movimento Te Mexe Arrozeiro entregou pauta de reivindicações ao presidenciável em encontro articulado pelo deputado Jerônimo Goergen

O presidenciável Jair Bolsonaro recebeu nesta terça-feira (23), no Rio de Janeiro, as demandas encaminhadas pelo setor orizícola, em encontro articulado pelo deputado Jerônimo Goergen (Progressistas-RS). Ado Velho levou o documento em nome do Movimento Te Mexe Arrozeiro. A carta de reivindicações dos produtores de arroz revela a grave crise de renda por conta do endividamento profundo, elevado custos de produção e da concorrência desleal com o produto importado do Mercosul.

Não reunião na casa do Capitão, Jerônimo reafirmou a importância de que, caso eleito, Bolsonaro se concentre nos gargalos enfrentados pelo agronegócio nacional. “Também temos outras prioridades para resolver, como o fim do passivo do Funrural, a questão das demarcações de terras indígenas e a tipificação das invasões do MST e MSTS como atos terroristas. Bolsonaro tem consciência dos problemas enfrentados pelo setor e disse que vai pautar esses itens em caso de vitória no próximo domingo”, destacou o parlamentar.

A extinção do passivo de R$ 17 bilhões do Funrural está previsto no PL 9252/2017, que acaba com a cobrança retroativa, estabelecendo novas regras daqui para frente. Já o PL 9604/2018 tipifica os atos violentos dos movimentos sociais como ações terroristas. Estes dois projetos são de autoria do próprio parlamentar. Jerônimo Goergen ainda é relator do PL 490/2007, que acaba com a chamada farra na demarcação de terras indígenas, transferindo para o Congresso Nacional a palavra final sobre o tema.

Confira o vídeo do encontro entre Bolsonaro e Jerônimo Goergen:

Fonte: Site de Jerônimo Goergen