Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra

NOTA OFICIAL em apoio à Reforma da Previdência

NOTA OFICIAL em apoio à Reforma da Previdência

A Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra – ANDATERRA, vem manifestar publicamente seu total apoio à REFORMA DA PREVIDÊNCIA proposta pelo Governo JAIR BOLSONARO.

A ANDATERRA entende que a medida, capitaneada pelo MINISTRO PAULO GUEDES e pelo Secretário Especial da Previdência ROGÉRIO MARINHO, preserva o direito adquirido dos contribuintes e cria um clima de confiança e de retomada dos investimentos na economia.

Sabemos que o Brasil vai precisar de todo o apoio possível para que as reformas sejam aprovadas e a ANDATERRA vai se mobilizar, nos Estados e em Brasília, para que os parlamentares ligados ao AGRO votem pela aprovação dessas medidas.

O Movimento Brasil Verde e Amarelo, que tem a ANDATERRA como uma das entidades organizadoras, agendado para ocorrer na primeira quinzena de maio e que reunirá milhares de produtores rurais de todo o país na Capital Federal, será a materialização desse gesto decisivo do AGRO em apoio ao Governo JAIR BOLSONARO e a agenda liberal do Ministro PAULO GUEDES.

A ANDATERRA defende a desoneração tributária do AGRO, o enxugamento da máquina pública, a livre concorrência, o fim dos monopólios, a desregulamentação da atividade agrícola, a segurança jurídica, bem como o respeito ao direito de propriedade. Metas que só serão alcançadas com as reformas. A aprovação dessas normas jurídicas vão criar um ambiente de negócios favorável ao AGRO e permitirão a retomada da confiança dos produtores na economia, com uma consequente onda de investimentos, geração de emprego e renda no setor primário.

Esperamos que os parlamentares eleitos pelo AGRO deem seu voto de confiança no Governo e aprovem a reforma da previdência, ajudando a recolocar o Brasil nos trilhos e nos permitir continuar trabalhando, com garantia de condições dignas de renda e segurança jurídica, a fim de que nossa Nação, em pouco tempo, seja o celeiro do Mundo, diante da responsabilidade de colocar alimento na mesa de mais de 1,5 bilhão de pessoas.

Brasília, 18 de Março de 2019.

SERGIO PITT – PRESIDENTE