Como a corrupção criou monopólios e prejudicou o agronegócio

Joesley , horas antes das gravações irem ao ar, comprou 1 bilhão de dólares, pois ele sabia que suas declarações fariam o dólar subir. E também antes da revelação do conteúdo de sua delação Joesley vendeu ações de sua empresa. O fato é gravíssimo, porque estamos diante de manipulação de mercado com base em informação privilegiada, o que é crime.

Por Antonio Pinho

As declarações de Joesley Batista, dono da JBS e da Friboi, caíram como uma bomba sobre o governo Temer, e trouxeram ainda mais detalhes da relação promiscua que o PT manteve com os grandes monopólios nacionais construídos, principalmente, com os recursos públicos do BNDES.

Joesley
Joesley Batista, dono da Friboi (fonte: Veja)

João Batista Olivi, do site Notícias Agrícolas, comenta que Joesley , horas antes das gravações irem ao ar, comprou 1 bilhão de dólares, pois ele sabia que suas declarações fariam o dólar subir. E também antes da revelação do conteúdo de sua delação, Joesley vendeu ações de sua empresa. O fato é gravíssimo, porque estamos diante de manipulação de mercado com base em informação privilegiada, o que é crime. Ou seja, Joesley, ao revelar seus crimes, comete outros e lucra com o escândalo político que ele mesmo criou.

Olivi ainda fala dos bilhões de prejuízo que todo esse esquema criminoso gerou às empresas brasileiras, sem contar o desemprego que essa instabilidade político-econômica desencadeia .

Sobre o impacto negativo no agro, Olivi comenta :

“É sabido que a empresa [de Joesley] comprou e fechou vários frigoríficos em nosso país. Faz parte do jogo, porque os frigoríficos fechados estariam com uma margem de operação abaixo do aceitável. Havia excesso de ociosidade nessas empresas fechadas que  causaram, contudo, desemprego e deixaram os pecuaristas sem onde comercializar. Aí é que está o problema, porque hoje o que nós temos é o monopólio de três empresas tão somente que obriga não só os frigoríficos a andarem milhares de quilômetros com o seu produto, ou seja, os bois para serem abatidos, como também não dá alternativa ao mercado. Monopólio que está paralisando  o setor da pecuária.”

Este é o resultado do capitalismo de mercado que temos no Brasil. Um governo gigantesco, hipertrofiado, com grande poder para manipular a economia e usar o dinheiro da população – na forma de impostos – para criar gigantescos monopólios e destruir a concorrência. Processo este que concentra riqueza, gerando pobreza e desemprego. O atual modo como o BNDES é administrado é muito danoso para o Brasil, pois é um banco que está acabando com a economia de livre mercado. Restam apenas poucas grandes empresas que criminosamente se associam ao poder político para ter o controle tirânico sobre o mercado. O mais sensato quem sabe é acabar com o BNDES, ou colocar um limite nos empréstimos, privilegiando pequenas e médias empresas, que são as que mais empregam no país.

Confira o comentário de Olivi:

https://www.youtube.com/watch?v=Anlxequ9tN4

Posted in Sem categoria

Next Post

STF Aprova Imposto Ilegal Sobre O Agronegócio: O Caso Do Funrural

Ter Mai 23 , 2017
Por Antonio Pinho O Funrural retira do produtor 2,3% do valor bruto de tudo o que produz, e serve principalmente para pagar o rombo da previdência. 2% vai para o INSS e 0,2% vai para o sistema sindical. Milhares de ações judiciais têm questionado a legalidade do tributo. A tese […]