JBS de Joesley Batista “liquida” frigoríficos por R$ 1 bilhão

Operação foi aprovada sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade); conclusão do negócio ainda depende da Justiça

Joesley
Joesley Batista

A venda de operações com carne bovina da JBS na Argentina, no Uruguai e no Paraguai para um de seus principais concorrentes, o grupo Minerva, foi aprovada sem restrições pela Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), conforme divulgado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

O negócio foi fechado em junho por US$$ 300 milhões (cerca de R$ 960 milhões ), mas acabou sendo barrado pela Justiça Federal, em meio às investigações envolvendo a JBS.

A decisão do Cade não modifica a decisão judicial. “Além de os ativos adquiridos encontrarem-se no exterior, conforme lembram as partes, o grupo Minerva é predominantemente exportador. […] Assim, conclui-se que, do ponto de vista estritamente concorrencial, a operação não tem o condão de gerar efeitos anticoncorrenciais no Brasil”, afirma o parecer da Superintendência-Geral do órgão.

O Cade destaca ainda que a decisão tem caráter autorizativo, e, portanto, “não tem qualquer repercussão para além destas competências, não descumprindo e muito menos modificando eventuais decisões de outras esferas, incluindo-se o Poder Judiciário, que eventualmente tenham impostos impedimentos ou restrições à consumação da operação.”

Entenda o negócio

De acordo com o Cade, a Pul Argentina (que pertence ao grupo Minerva) irá adquirir 100% do capital social da JBS Argentina; o mesmo procedimento será feito pela Frigomerc (empresa do grupo Minerva no Paraguai) em relação à JBS Paraguay e à Indústria Paraguaya Frigorífica; além da Pulsa S.A. (braço do grupo Minerva no Uruguai), que irá adquirir 100% do capital social do Frigorífico Canelones (cuja dona no Uruguai é a JBS).

Fonte: Gazeta do Povo

Produtor rural, associe-se à Andaterra – Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra.

andaterra logo

Posted in Sem categoria

Next Post

De onde vem o fôlego do agronegócio brasileiro?

Qui Jul 13 , 2017
Para especialistas, ganho de produtividade está ligado ao apoio técnico dos profissionais da agronomia e da engenharia