Lula ataca o agro e chama produtores de caloteiros

O ex-presidente condenado na justiça disse, na noite desta terça-feira, dia 20, que os produtores rurais são ingratos e caloteiros

Antonio PinhoLula MST 2

A caravana de Lula pelo Rio Grande do Sul tem sido alvo de grandes protestos. Em Bagé milhares de pessoas – entre elas um grande número de produtores rurais – foram às ruas protestar contra a vinda de Lula à cidade, usando como palavras de ordem “Lula ladrão, seu lugar é na prisão”. Os produtores rurais saíram com seus tratores em protesto contra a presença do ex-presidente.

Pelo visto, a reação dos produtores rurais de Bagé despertou a revolta de Lula. O ex-presidente condenado na justiça disse, na noite desta terça-feira, dia 20, que os produtores rurais são ingratos e caloteiros. Isso ocorreu na comunidade de Nova Santa Marta, durante mais um dos atos da caravana de Lula pelo Rio Grande do Sul.

“Quando a gente consegue dar 10 reais para uma pessoa humilde, ela fica o resto da vida agradecida”, afirmou Lula. Por outro lado, os fazendeiros foram alvo de severos ataques de Lula: “Quando você dá 1 bilhão para que os grandes fazendeiros daqui comprem essas máquinas modernas, comprem caminhonetes, eles só não são agradecidos como passa (sic) o tempo  inteiro falando mal do governo do PT.”

O mais duro ataque do ex-presidente foi quando ele afirmou que os produtores rurais têm dois prazeres na vida, um quando eles pegam empréstimos, e o outro quando dão o calote.

“Essa gente [os produtores] nunca gostou do PT. […] Se eles tratassem os empregados como tratam os cavalos, os empregados estariam muito bem de vida”, afirmou Lula.

Cabe nos questionarmos como o produtor vai ficar ao lado de um partido como o PT que ao longo de seu governo só fez atacar e fragilizar o direito à propriedade, apoiando abertamente os atos terroristas do MST. Sem contar sua conivência com as invasões de terras de indígenas ou pseudoindígenas. Imensas áreas produtivas foram expropriadas pelo PT para a demarcação de terras indígenas, e um enorme número de produtores ficaram sem receber o valor de suas terras. Diante disso todo, o estranho seria um agro ao lado do PT.

Posted in Sem categoria

Next Post

Protesto deve reunir 10 mil produtores em Brasília contra o Funrural e em defesa de crédito para enfrentar crise

Sex Mar 23 , 2018
O Movimento Abril Verde e Amarelo já conta com a adesão de 200 entidades representativas do setor agropecuário e deve reunir pelo menos 10 mil produtores rurais durante o protesto contra a cobrança retroativa do Funrural, marcado para o próximo dia 4 de abril, na Praça dos Três Poderes, em […]